14 de março de 2014

Vergonha


Vergonha é isto. É ter um país sempre atrasado, sempre burro, sempre pequenino, sempre provinciano, sempre retrógrado, sempre hipócrita. Acho completamente inadmissível e inaceitável que em pleno século XXI ainda se chumbem propostas de igualdade de direitos. O pior de tudo é saber que as próximas gerações, que podiam trazer ideias e objectivos novos, são iguais ou piores.
Correndo o risco de soar cliché, Portugal é exactamente como o Animal's Farm do Orwell: "todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que outros", e se há coisa que sempre me fez confusão é pessoas com mais direitos que outras. Um dia, Portugalinho, um dia.

6 comentários:

  1. Esquecem-se que os milhares de crianças que estão abandonadas (e muitas vezes mal tratadas) foram abandonadas por casais heterossexuais.

    ResponderEliminar
  2. Não diria melhor!
    Este país é tão grande em algumas coisas mas tão pequenino no que realmente importa... É triste!

    ResponderEliminar
  3. Estás errada, quando dizes um dia, um dia. Nunca vai mudar, nunca. Estou farto destes tipos. Procura no face da joana latino um texto de um tipo do psd. Na mouche.

    ResponderEliminar