4 de março de 2014

Grand Canyon - Writing about places #4

Vinte e sete horas depois de voltar de Las Vegas, meti-me num avião para Los Angeles com uma amiga. Como queríamos muito ir ao Grand Canyon, aproveitámos ter um carro alugado (o nosso querido VW Beetle) e fomos dormir a Las Vegas para fazermos uma excursão no dia seguinte. Chegámos já muito tarde e muito cansadas, depois de um dia entre aeroportos e mais cinco horas de road trip.
Às 6 da manhã do dia seguinte estávamos num autocarro a caminho do Grand Canyon. Com um guia que era uma mistura de rock star com motard e comentários perversos, chegámos ao Canyon uma hora depois. E meus amigos, que sítio incrível. Não é sequer possível descrever a força daquela paisagem, as cores, a profundidade. Só mesmo vendo, e é daquelas coisas que ninguém devia morrer sem ver uma vez na vida. Tenho amigos que já fizeram a tour de helicóptero, de avião, de barco, etc, mas esta valeu bem a pena. Passámos lá metade do dia, com um almoço mesmo lá no topo, que está em primeiro lugar no meu top de almoços com melhores vistas.
A nossa ideia era voltarmos para Los Angeles ainda nesse dia, mas com o cansaço acumulado decidimos dormir mais uma noite em Vegas. Ficámos no Circus Circus, que tem duas montanhas russas lá dentro. Como a senhora do check in foi uma querida e nos deu dois vales para andarmos numa à escolha, escolhemos a mais "extreme", com quedas de 90º e partes em que estávamos de cabeça para baixo. E os senhores da montanha russa foram também uns queridos e deixaram-nos andar mais uma vez à borla. E perguntam vocês, porquê? Porque a montanha russa tinha aberto no dia anterior e ainda a estavam a testar. Sim, fui uma cobaia e só soube umas horas depois. Mas como sobrevivi e foi de facto muito giro, continuo amiga do Circus Circus. De quem não fiquei tão amiga foi de quem me roubou os meus Ray Ban Wayfarer, que pela minha lógica, foi o nosso guia perverso. É o que dá não dar uma boa gorjeta.
Depois disto foi jantar e ir dormir, para sairmos para Los Angeles às seis da manhã.

Os sítios estranhos a caminho de Las Vegas

A entrada do nosso primeiro hotel

A caminho do Grand Canyon

A caminho do Grand Canyon

A caminho do Grand Canyon

No Skywalk

Grand Canyon

Grand Canyon

Grand Canyon

Grand Canyon

Grand Canyon

Grand Canyon

Grand Canyon

Eu e a Ana e os meus óculos perdidos, no Grand Canyon

O hotel em que ficámos na segunda noite

A montanha russa do hotel

A loja da Britney Spears,
que está a fazer uma residência no Planet Hollywood

6 comentários:

  1. haha grande hotel :D
    podes apenas ter perdido os óculos, deixa lá o rockstar haha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Perdi os óculos dentro do autocarro e estava sentada na última fila portanto fui a última a sair, daí a única possibilidade ser o rockstar ou o motorista, que não era muito melhor! :p

      Eliminar
  2. Olá Maria :)
    Vou a Las Vegas entretanto e também quero ir ao Grand Canyon. Mas vi que a viagem demorava 4h. A tua só demorou uma hora? E foste com que empresa? :)

    Obrigada e desculpa a curiosidade!
    Beijinho, Alice *

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. http://www.alllasvegastours.com/body.asp?tour=LAS-B0034&page=TourDetails foi esta tour :)

      Eliminar
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar