20 de outubro de 2013

Home sweet home

Depois do maior stress da minha vida para conseguir a casa, fazer a mudança, habituar-me a um 5º andar a pé e instalar a internet, finalmente está tudo acabado. Tenho uma casa que adoro num sítio que adoro também, menos central que a anterior mas muito mais bem frequentado e com melhores serviços. Ontem dei o primeiro jantar cá em casa e fiz o primeiro empadão da minha vida, que me deixou orgulhosa de mim própria (eu sei, eu sei, foi só um empadão, um pequeno passo para o homem mas um gigante para mim!). Esta semana começo a procurar trabalho. Não vai ser fácil, mas acho que vai ser uma aventura e que ainda vos vou divertir com as histórias que vou ter para contar!
Por agora, deixo-vos uns bocadinhos da minha casa nova. O IKEA é uma maravilha!



Tive girassóis!

Agora tenho Lilys!






Das coisas mais importantes que aprendi
e que tenho na mesa-de-cabeceira.

31 comentários:

  1. A casa está lindaaaaaaaaaa... aguardamos então essas aventuras e desventuras no futuro trabalho!

    Ass: leitora assídua que lhe escreveu um postal e aguarda a resposta prometida a todos os que o fizessem :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mande-me um e-mail e diga-me qual era o postal, please! Houve postais que não chegaram aí :(

      Eliminar
  2. O survival secret é maravilhoso e a mais pura das verdades.

    nadinhadeimportante.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. sinto falta de umas fotos de new york aqui no teu blog :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E eu sinto falta de tirar fotografias de NY, mas a verdade é que ultimamente não tenho feito nada de especial! Mas prometo que vão voltar :)

      Eliminar
  4. Maria adorei os pormenores do teu novo espaço!
    Beijinho e boa sorte :D mantém-nos a par!!
    <3

    ResponderEliminar
  5. Adorei as fotos! Que tudo corra bem!

    ResponderEliminar
  6. Tens bocados teus espalhados pela casa...adorei!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda faltam bocados vossos :) Lembro-me sempre de ti quando dizias que a minha casa daí tinha muitas "palavras", aqui não podia ser diferente! Beijinhos!!!

      Eliminar
  7. Onde comprou a placa a dizer Love is all you need? No Ikea tambem? Obrigada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, foi uma amiga minha que me deu, acho que é da Bairro Arte!

      Eliminar
  8. Tudo maravilhoso como já nos tens habituado. Confesso que sinto falta de saber de NY e de acting, uma vez que estás aí, no sítio que muitos adoram a fazer algo que muitos admiram, acaba por ser uma inspiração e adorava que fizesses mais post´s sobre a tua área: recomendações de livros, de escolas, de métodos, de técnicas para audições, dos teus preferidos, do que recomendas...És inspiradora! E adorei a decoraçao beijinho Ana

    ResponderEliminar
  9. Maria, correndo o risco de soar muito creepy hoje por causa deste post sonhei contigo!!
    E eu explico. Sou fan dos XX. Vá, louca. Doida. Do género ouvir tantas vezes que roça o demasiado. Tenho uma paixão pela Romy (nada a atirar para o lesbianismo atenção! apenas a acho uma pessoa fascinante com uma voz fascinante), acho-os de uma simplicidade enorme e além da música incrível que fazem são daquelas pessoas que gostava mesmo de dar pelo menos dois dedos de conversa, também porque pelo que sei eles mostram-se bastante disponíveis nessas situações.

    Quando vi a relíquia que tens na parede chamei-te nomes pouco bonitos, admito.

    Então eis que hoje sonhei que ia a Nova Iorque ter contigo (sendo que não te conheço) e tu lá conseguias arranjar um meeting com os XX e partilhamos, nós e eles, uns minutos extremamente agradáveis que me aqueceram a alma. Em sonhos, claro!

    E pronto, é isto! Ah e sim, isto é tudo inveja (mas da saudável!!!). Achei tudo tão curioso que pensei 'tenho de partilhar!!' ahah.

    Um beijinho!
    P.S. Adoro a decoração :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahahah muito bom!!! Eles são de facto muito queridos e acessíveis, especialmente o Oliver que já me dava abraços e beijinhos e perguntava onde é que eu morava. A Romy é mais tímida mas muito fofinha tb! E a namorada dela, a Hannah Marshall é um amor!!! Estive para aí 5 minutos à conversa com ela e é mesmo querida!

      Esse sonho não é assim tão impossível, se viesses numa altura em que houvesse um concerto era quase certo isso tudo acontecer :p beijinhos!!!

      Eliminar
    2. Ahah vou então estar atenta a futuros concertos deles em NY, assim realizo o sonho de conhecer NY, os XX e como bónus ainda te conheço a ti :)

      Beijinho e obrigada pela simpatia*

      Eliminar
  10. o quadro das andorinhas está ao contrário...

    ResponderEliminar
  11. Mostra-me o que lês, dir-te-ei quem és :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aqui é 10% Eça, 20% Pérez-Reverte e 70% uma-grande-confusão.

      Eliminar
    2. Tenho que me dedicar ao Eça, acho que nunca lhe dei verdadeiramente uma oportunidade!

      Eliminar
    3. É uma pena as primeiras trinta páginas de «Os Maias» serem uma seca, com uma descrição interminável do Ramalhete. É um mau cartão de visita, porque o Eça é extraordinário. Não consigo escolher o melhor livro, embora simpatize muito com «A Cidade e as Serras». Quando ao «teu» Saramago, já lhe dei uma grande oportunidade. Não nos demos bem. Não sei se me apanha tão cedo.

      Eliminar
    4. Os Maias desisti porque é uma seca estar a ler um livro quando nas aulas me vao contando a história toda. Tenho que tentar outra vez!
      O que é que leste do Saramago?

      Eliminar
    5. Li o «Memorial do Convento» (tive de ler, para o exame nacional) e ainda li umas linhas de outra coisa qualquer. Até gosto da estrutura dos romances, chateia-me é aquele estilo de narração pseudo-moralista e sabichão. Talvez o problema não seja dele, talvez seja meu.

      Eliminar
    6. Tenta o Ensaio Sobre a Cegueira ou As Intermitências da Morte! O Ensaio é tão tão tão bom!

      Eliminar
    7. Eu e o Saramago ainda estamos a dar um tempo. Pode ser que num futuro próximo lhe dê mais uma oportunidade.

      Eliminar
    8. Ah, e parabéns pelo aniversário do blogue, já agora!

      Eliminar