29 de outubro de 2013

bullshit

"Uma família disfuncional é uma família em que os conflitos, a má conduta e muitas vezes o abuso por parte dos membros individuais ocorrem continuamente e regularmente, fazendo com que outros membros acomodem-se com tais ações." (Wikipedia)
E depois existo eu, que não me "acomodo com tais acções", porque não admito ser mal tratada e não admito que as pessoas achem que podem fazer o que quiserem sem que tenham quaisquer consequências. É claro que o único benefício que isto me traz é ficar de consciência tranquila, mas também não quero mais nada, até porque sei que não posso mudar a opinião de ninguém, tal como não podem mudar a minha. Para que é que se precisa de uma família que trás mais coisas más do que boas?

5 comentários:

  1. É difícil aceitar, que quem te deve amar e tomar conta de ti, não quer saber e custa muito tomar uma decisão dessas, um corte radical. Conheço algumas situações, onde as pessoas ficaram com a família, pese embora serem maltratadas.

    nadinhadeimportante.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  2. *traz

    mas tens toda a razão, e era o que eu precisava de ouvir hoje, obrigada!

    ResponderEliminar
  3. Traz*
    De resto, concordo plenamente

    ResponderEliminar
  4. Concordo! Quando uma família é desfuncional significa que não está a fazer o seu papel de acolher, proteger e amar, sendo a culpa de um ou vários indivíduos a solução é a separação das partes! Se é um pai abusivo, a restante família deve-se afastar, se são os pais que não se entendem, os filhos e também os próprios serão mais felizes se cada um seguir o seu caminho...

    ResponderEliminar