10 de janeiro de 2013

Fundação Saramago ou nada ficava melhor na Casa dos Bicos

Hoje fui, finalmente, à Fundação José Saramago. Para qualquer amante de Saramago, como eu, é o paraíso. Tem uma exposição com o seu percurso (até está lá o próprio do prémio Nobel!), uma loja com TUDO o que há dele, uma biblioteca e uma Pilar del Rio apaixonante. Vimos tudinho e no fim fui dar um beijinho à Pilar, que acabou com uma visita guiada ao escritório do próprio Saramago, que está exactamente como ele o deixou. Escusado será dizer que fiquei de lágrimas nos olhos quando lá entrei. A Pilar foi um amor e é muito bom ser tão bem recebida pela mulher de um dos maiores génios literários.
No fim, fui à Oliveira onde estão enterradas as cinzas do Saramago e onde está uma frase do fim do Memorial do Convento.
Em Junho estou lá outra vez, sem falta.

P.S. Hoje nasceu-me o grande sonho de trabalhar na Fundação... Já avisei a Pilar!









23 comentários:

  1. Sabes que somos todos nós quem paga isto, não sabes?
    Sabes que quem paga a luz e a água somos todos nós, não sabes?
    Tem isso presente, porque isto é mais um roubo à grande.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tal como em todos os outros museus. Vamos fazer o quê? Fechar esses bandidos todos? Acabar com a cultura, já que somos um país tão avançado que nem precisa muito dela? Ainda bem que pagamos esta água e esta luz, ainda bem que ainda nos combram esta água e esta luz. Pudesse eu dar todos os meus impostos para pagar a água e a luz de museus!!!

      Eliminar
  2. Não te incomodes bela Maria, pagar a água e luz dos museus não me chateia, o que me aborrece mesmo é pagar água, luz, gasolina, carro, cartões créditos, jantaradas, prémios de gestão, férias, avenças e por aí fora a essa cambada que nos governa e governou, isso sim é que é "desviar" á grande

    ResponderEliminar
  3. Isto não é um museu. É uma fundação e como tal não paga impostos. Isto é privado, logo, não estamos a falar de um museu da cidade, de arte antiga, dos coches, etc etc.
    isto é o mesmo que a fundação do Soares. Eles não pagam impostos e os teus pais alancam com as despesas deles.
    Sabes que o Saramago saiu daqui e andou anos e anos a falar mal disto.
    Não é nada que bem que pagamos esta água e esta luz, estás equivocada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma fundação que tem uma exposição com todo o percurso do Saramago, arquivos, videos, uma biblioteca, etc. É uma fundação mais formativa que muitos museus e exposições que ninguém se importa de financiar. É uma fundação que lembra José Saramago, que para o bem e para o mal é um dos melhores escritores que já tivémos.
      É uma fundação que até merecia todos os meus impostos, que lhes dava de livre e espontânea vontade.
      Sim, sei que o Saramgo saiu daqui e andou anos e anos a falar mal disto, sacana, falar mal de nós que somos todos tão patriotas, orgulhosos da Nação e defensores da Pátria.
      Sabe também que Portugal virou as costas a Saramago? Veja documentários sobre ele. E já reparou que fala dele ter saído daqui, mas quando ele e a Pilar trazem a Fundação para Portugal e depois de terem "reatado os laços" continuam a ser criticados?
      Continuo a ter prazer em pagar esta água e esta luz.

      Eliminar
  4. Aqui na minha terra tambem temos uma Fundação José Saramago, mas ainda não a fui visitar! José Saramago nasceu aqui, em Azinhaga. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma aldeia pequena, Maria, mas muito bonita! Não é por ser a minha terra, mas é a verdade. Espero que venhas em breve^^

      Eliminar
    2. Bem lembrado Ana Neves.
      Para aguçar o apetite aqui fica uma amostra do que podemos encontrar na Azinhaga de Saramago :)

      http://comovaiasaudinha.blogspot.pt/2010/08/azinhaga-de-saramago.html

      Eliminar
  5. Esta gente realmente tem muitíssima razão, que chatice andar a pagar a cultura deste pais, a identidade do nosso povo, realmente não se admite devia era fechar tudo o que tivesse a ver com cultura. Sim, por que o que é que nos resta sem cultura?..

    ResponderEliminar
  6. Já vi que não vale a pena, e já percebi que não são os seus impostos.
    Um dia quando crescer vai perceber.
    Tudo bem.

    ResponderEliminar
  7. É um belo sonho e sem conhecer-te acho que te assentava mesmo bem!! Que bonito teres percebido isso numa visita lá

    ResponderEliminar
  8. Crap Céus:
    normalmente não respondo a comentários do género do que fizeste, mas falaste mal do saramago e por isso vais ter que me ler:
    a tua vida (e a dos que te rodeiam) deve ser triste. se falas assim do nosso prémio nobel (isto quer dizer que escreveu, voltou a escrever, continuou a escrever e até ganhou o prémio máximo da literatura), o que dirás do BPN? e das PPP? e do Santana Lopes, que se reformou aos 48? e dos Estádios do Euro 2004?
    Porque das duas uma, ou criticas isso tudo (e deve ser triste porque isto aqui não o Parlamento nem nenhum partido politico nem nenhum forúm politico) e deixas a fundação do saramago de lado (desde logo porque o custo da fundação são umas migalhinhas ao lado de tudo isto), ou então não gostas do saramago.
    Aí já não posso fazer nada por ti, só lês se quiseres e se não quiseres não és obrigado, desde que saibas que se tu não gostas e estás no teu direito eu estou no direito de gostar. E de dizer que gosto dele. E de dizer que quando for a Lisboa vou querer ir visitar.
    De resto, dei-me ao trabalho de ver o teu blog e até parece que tens bom gosto para filmes. caso não saibas, alguns deles são financiados pelo Estado, no caso o inglês (falo da "Praia") e seguramente que também não gostarias de ver comentários do género: "então os meus impostos serviram para pagar o Leonardo Di Caprio na Tailândia"??? ou gostavas....enfim, palavras para quê ?!?!?!?
    Resolve os teus problemas por ti próprio e não venhas chatear quem está de bem com a vida.

    Last but not least: Maria, bem haja pelo teu blog. Não vou à bola com o rufus wainwight, mas vou à bola contigo !!!! sweet kiss

    ResponderEliminar
  9. Caro Luis Castro,

    O que tem a vida dos que me rodeiam a ver com o saramago e afins? Não percebo...
    Se te deste ao trabalho de ires ao blog, então devo dizer que foi um trabalho nada exaustivo, porque terias visto que falo mal e contesto tudo o que referes. Mas eu entendo, só leste o que te apeteceu e o que te deu jeito.
    "A Praia" foi financiado pelo estado português?? Grande novidade que me deste rapaz.
    E para terminar, eu não tenho problemas, logo não te preocupes comigo.
    E quando fores visitar a fundação, aproveita para ires ao museu do traje, e do teatro e do brinquedo e de arte antiga, e de história natural e dos coches...Sabes onde ficam todos, certo? Ou só vais ao que está na moda?

    Respira...

    ResponderEliminar
  10. O teu texto foi tão inspirador que logo que vá a Lisboa vou visitar! :)

    ResponderEliminar
  11. Maria, peço-te desculpa por utilizar o teu blog, mas o senhor cap créus precisa de uns esclarecimentos:

    então é assim: cap créus: respeito os seus gostos. exijo-lhe atitude igual, ou seja, respeite os gostos dos outros.
    se eu gosto de saramago (até tenho um livro autografado por ele e olhe que não são muitos os portugueses que podem gabar-se de ter um livro autografado pelo nosso prémio nobel na estante), qual é o seu problema? porque vem para aqui falar de impostos ?!!?!? e de quanto custa a fundação dele ?!?!? mas o que é que isso interessa???!? depende de mim ou da maria a fundação pagar ou não impostos?
    se isso é assim tão importante para si, escreva uma carta ao deputado da sua zona a alertá-lo para isso. ou apresente essa proposta ao Sr. 1º Ministro.
    o que já não há "saco" é para pessoas negativas, complicadas, que olham para detalhes e que não toleram a diferença e que não respeitam os outros, etc.etc.

    por último:
    i) o filme "A Praia" foi financiado pelo estado inglês. é o que digo no meu comentário, claro como a água.
    ii) não quero estar aqui a gabar-me dos museus que vi ou que não vi. posso dizer-lhe que mesmo não vivendo em Lisboa (vivo a 300 km´s daí) já vi os museus que refere - menos o de arte antiga, que não é a minha praia. e também já vi o mude, na rua augusta. e o aquário vasco da gama, no dafundo. e tantos outros, cá dentro e lá fora. e depois, o que é que isso tem a ver?!?!? começo a perceber: não gosta do saramago. deixe lá. há muitos outros autores que pode vir a gostar. agora respeite quem goste do saramago, está bem? e não te preocupes com o dinheiro dos teus impostos (se é que os pagas) na fundação, antes aí que em outros sitios que não servem para nada ou com gente inútil.

    xau e adeus.

    Luis Castro

    u não quero impingindisse que a tua vida deve ser chasim, costumo ir a museus que gosto e quando posso, em lisboa (para além dos que falaste também gosto do mude, na rua augusta), no porto

    ResponderEliminar
  12. Caro Luis,

    Menos, muito menos, ok?
    Percebi muito pouco deste último parágrafo, lamento.
    De facto não gosto de Saramago como pessoa, devido ao que ele demonstrava ser. Se li um livro dele? Ainda não. Mas claro que o quero fazer, mas e lamento a minha ignorância, tenho lido outros bastante interessantes.
    E meu caro Luis, eu não preciso de esclarecimentos de quem se gaba por ter um autógrafo num livro, porque eu também tenho do Luiz Carvalho num livro de fotografia e não me gabo disso. Certo? Eu sei que não sabe quem é, mas pode ir ao google. Gabar-nos de algo, fica mal...
    O que importam os impostos? É pá, nem vou responder e veja se pára de insinuar o que quer que seja.

    ResponderEliminar
  13. nunca leste saramago? lá está, bem dizia eu que a tua vida é tão triste. vens para aqui criticar a fundação dele, patati patata, custa dinheiro, etc. etc. e afinal nunca leste uma única linha dele.....enfim, palavras para quê !!!!
    como é evidente, o último parágrafo apareceu truncado.
    xau e adeus.
    (you know who i am)

    ResponderEliminar
  14. AHAHA!Muito bom.
    É isso, a minha vida é triste porque nunca li o Saramago.AHAHAAH!
    Critico a fundação sim rapazola, porqu estamos a falar de dinheiros publicos.
    Mas aqui para nós, quanto te pagam para estares aqui todo nervoso por causa do Saramago?
    Quem nunca leu Saramago é triste, é isso? Cuidado com isso, porque se calhar tens familia e amigos que nunca o leram...
    Não sei quem tu és, não pá.
    Relaxa...

    ResponderEliminar
  15. Como para qualquer admirador do autor e da sua obra, a minha visita à Fundação também foi tocante.

    http://comovaiasaudinha.blogspot.pt/2012/09/a-fundacao.html


    ResponderEliminar