10 de dezembro de 2012

A tortura

Se quiserem uma prova do meu amor, é pedirem-me um favor que envolva ir à Abercrombie. Se eu for, é porque gosto mesmo muito de quem pediu.

13 comentários:

  1. Como te compreendo!! Da minha última visita a NY, em Março, entrei porque o meu homem insistiu... Que terror de loja! Se se mantiver a música altíssima, o ambiente escuro, à pinha de gente, um calor insuportável... é mesmo uma prova de amor lá entrar! E a roupa não tem nada de novo...
    Beijinhos

    Ahhhh!! Não me esqueci e também acho mesmo que História de Arte se encaixa no teu perfil! ;)) ahahah

    ResponderEliminar
  2. Sou muito inculta por não saber o que é? :s

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É a loja de roupa que tem o melhor perfume de homem do mundo...e isso é que já tive muitos...

      Eliminar
  3. Ohhh Maria esqueceste-te de postar as fotos do natal aí em NY? :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não não, ainda hoje tirei umas fotografias para pôr aqui!!! :)

      Eliminar
  4. A pior loja de todo o sempre!
    Ana

    ResponderEliminar
  5. Liliana M. (Nao percebo nao me esta a deixar escrever o comentário em name/url what ever)

    Luisa, e uma loja caríssima, escura k nos faz ter k piscar os olhos para poder focar melhor, em termos de qualidade e mais ou menos igual a zara o k torna a marca muito cara! Basicamente paga se o emblema bordado/impresso na peça de roupa!! Só tem uma coisa boa e o cheiro magnifico, isto e a minha opinião!! ;)

    ResponderEliminar
  6. epa tem outra coisa muuuuuiito boa, isto: http://www.youtube.com/watch?v=z5NRWM3FgqA

    ResponderEliminar
  7. De qualquer maneira, tens 1 em south seaport...vazia! E da para almoçar nas esplanadas daquele larguinho!!!

    As minhas "provas" de amor vieram dai! :)

    Marta

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas Seaport fica tãooo fora de mão quando se vive em Chelsea... O meu limite é Cana Street :p

      Eliminar
  8. Eu adoro essa loja !!! Não aprecio a roupa mas gosto muito do conceito de loja!!

    Rita F.

    ResponderEliminar