31 de dezembro de 2012

2012

2012 foi, sem duvida, o ano mais difícil da minha vida. Fiz as malas, disse adeus a tudo e a todos e meti-me num avião para NY, que pode ser a cidade mais gira, cosmopolita e apaixonante, mas também é dura como o raio, fria, individualista e egoista. Durante os primeiros três ou quatro meses pensei todos os dias em desistir, que não era capaz, que ainda não tinha idade para isto. Mas de alguma forma, arranjei força para ficar e ir aguentar os primeiros tempos, que são sempre os mais dificeis. E valeu a pena. Tudo melhorou, tudo se compôs. Em 2012 mudei de casa, vivi com um homem louco que fazia colecção de ferramentas de ferro, fiz amigos que afinal não o eram, saí de casa do louco e fui viver sozinha, conheci lugares que nunca imaginei que existissem, fui pelo menos 10 vezes ao MoMA, 4 ao MET e 2 ao Guggenheim, vi pessoas a chegar e vi-as ir embora, fui às melhores festas de sempre e às piores também, mascarei-me de Uma Thurman em Mia Wallace no Halloween, fiz três tatuagens, sobrevivi a um furacão, conheci algumas das pessoas mais geniais e inspiradoras, fui ingénua e desiludi-me, percebi que a amizade é muito mais que a convivência de todos os dias, percebi quem são os meus verdadeiros amigos, que estão à minha espera quando é suposto estarem, seja onde e quando fôr, acabei uma relação que já não me fazia feliz, percebi que as pessoas mal resolvidas e ciumentas são as mais perigosas, perdi a pessoa que estava comigo desde os 3 anos e que jurava ser minha amiga para sempre, aprendi que tudo tem o seu tempo e quando as coisas são fortes há que chorar, fazer o luto, aceitar e seguir em frente (acho que me estou a tornar mesmo boa nisto), conheci pessoas sem as quais não consigo viver hoje, vi ao vivo os Black Keys, o Andrew Bird, o Patrick Watson, Antony and the Johnsons, Feist, Rufus Wainwright tres vezes, the xx, Wilco, o Glen Hansard, a Madonna e o Loudon Wainwright III, fui às Cataratas de Niagara, a São Francisco, a Miami e a Orlando e aprendi mais sobre a vida do que em qualquer outro ano da minha vida.

Obrigada a todos os que fizeram parte, todos os que ficaram e todos os que entraram. Obrigada também aos que se foram embora, que me ensinaram que às vezes as pessoas são mesmo uma merda e é bom abrir os olhos.

Foi duro, mas cá estou eu de braços abertos para receber 2013. Bring it on!
Bom ano para todos, e que seja genuinamente feliz.



















29 comentários:

  1. Parabéns pelo texto magnifico é bastante inspirador, de certeza que foi preciso muita força e muito apoio dos verdadeiros amigos para seres o que és hoje :)
    Tudo de bom para ti e para a tua futura carreira de sucesso ;)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Bom ano, cheio de sucessos, Maria.
    http://fashionfauxpas-mintjulep.blogspot.com

    ResponderEliminar
  3. Não sei como aqui cheguei :) mas gosto.
    Bom 2013, que traga tudo, ou quase, o que desejas.

    ResponderEliminar
  4. Que ano! Valeu por muitos! No fim, tudo acaba bem. Se não está bem é porque ainda não chegou ao fim :)
    Gosto muito de te ler, continua!!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Pelo que li, 2012 foi-te muito duro mas de certa maneira extremamente recompensador :) Um bom 2013, Maria!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. que idade tens Maria? é só para saber com que idade te mudaste para NY.
    Bom Ano.

    ResponderEliminar
  7. Curiosidade após ler este port:

    How old are you???

    Se for uma perg mt indiscreta, podes dizer em que década te encontras.

    Kiss

    ResponderEliminar
  8. Pistas: nasci na primeira metade dos 90s, já tenho idade para conduzir em Portugal mas ainda não posso beber legalmente nos USA.

    ResponderEliminar
  9. E isto é crescer e aprender!! Sou um bocadiiiiinho mais velha (aí uns 10 anos)e continuo a passar por tantas destas coisas!! É bom sinal!! Um grande 2013 e muitos desejos realizados!
    Um beijinho*

    ResponderEliminar
  10. Um bom ano Maria:) calculo que passaste por momentos muito difíceis ai por Nova York, mas foste forte e venceste)

    Http://styleloveandsushi.blogspot.com

    ResponderEliminar
  11. Será que ando doida ou há algum problema no blog? :) é que há tarde vim aqui e estava o post de Dezembro e agora não aparece humm...

    ResponderEliminar
  12. Melhor provavelmente é impossível. Vá de lá outro igual.
    Bom ano!

    ResponderEliminar
  13. Depois de ler isto penso... Porra, queria ter esta coragem toda! De dar a volta, arriscar.
    Boa ano, Maria, sempre com esta boa energia! ;)

    ResponderEliminar
  14. Feliz 2013, Maria :)
    (Enviei-te hoje o postal (os postais ;) para a morada que disponibilizaste! Espero que cheguem ao destino e que gostes deles :)

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  15. tambem ja passei por essas situações de amigas que supostamente podemos contar sempre que na verdade não o eram, acho que foi uma das coisas mais dificeis de superar, mas nunca estando numa cidade e pais estranhos. muita força e coragem

    ResponderEliminar
  16. Coragem e determinação nao te faltam! O 2013 ha-de ser ainda melhor! :)

    ResponderEliminar
  17. Dou-te os parabéns... tiveste mais coragem que eu...
    beijoca

    ResponderEliminar
  18. Olá Maria, bendito o dia em que a Pipoca te incentivou a criar o blog.Gosto muito da forma como escreves, e do conteúdo.Pareces uma boa amiga, com quem se pode contar, com todos os teus defeitos e qualidades, mas superas tudo, como se pode ver por este texto, e outros anteriores, como o do Natal. Revejo-me em várias situações e sentimentos que descreves, menos na coragem, que tens que chegue e sobre, dou-te os meus parabéns. Obrigada por partilhares os teus dias, os bons e os maus, connosco. Aprende-se bastante, sobre os outros, e até sobre nós próprios. Feliz 2013!
    Vera

    ResponderEliminar
  19. Visto de 2013 o ano parece ter sido super preenchido não é? Uma amostra do que deve ser ser velhinho e olhar para trás. Uma vida cheia! :) BOm 2013

    ResponderEliminar
  20. Uns louboutin, a sério?! que sorte... saber que és apenas dois anos mais velha que eu é muito inspirador, tendo em conta o que já alcançaste. Desde que fui a NY que quero lá estudar ou pelo menos voltar mais vezes. Adoro o blog, btw.
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi a minha avó que me deu quando fiz 18 anos :)
      Obrigada!!

      Eliminar
    2. Faço 18 daqui a uns meses. Vou ja dar a dica a minha avo eheh

      Eliminar
  21. Maria,

    Às vezes andamos a ler blogs e mais blogs.. e encontramos palavras como estas. Palavras que nos tocam, porque nos identificamos com elas, porque nos dizem mais do que secalhar, a pessoa que as escreve, pensa.

    Não tens noção de como estas palavras me tocaram particularmente.
    Este ano também passei por 'cenas' complicadas, apetece ir embora, sair do 'nosso mundo' e ir dar uma volta ao 'bilhar grande', mas a raiva passa e tudo permanece, fica só aquele vazio...

    Fico inspirada por perceber que uma menina mais nova que eu já tem uma perspectiva tão positiva e madura da vida. Também estou a pensar em ir embora do país, alargar horizontes e conhecer outras coisas, mas tenho medo..

    Continuação de Boa Sorte e aproveita essa cidade linda !

    Beijinho e continua a escrever :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tão querida :) muito muito obrigada por este comentário! Beijinhos e bom ano!

      Eliminar