25 de novembro de 2012

Apertos de mão e o perigo de ser ingénua

Da última vez que fui a Portugal, estava a jantar com uma amiga que, do nada, me pediu um passou-bem. Eu dei, sem perceber bem o que se estava a passar e ela suspirou, com um ar aliviado "ah ainda bem, não és daquelas pessoas que ficam com a mão pendurada!" e ficámos a falar sobre este assunto, em como se conhecem pessoas que até parecem interessantes e com garra e depois dão um aperto de mão com a mãozinha morta e pendurada, parece que estamos a cumprimentar um molho de algas e o quão desinteressante isso é. Ontem lembrei-me disto quando estava numa festa numa casa em Soho e fui dizer a uma amiga que se calhar me ia embora. Procurei-a e vi-a a conversar com um rapaz, aproximei-me e quando me viu agarrou-me no braço e disse "é esta! Pintura é com ela!". Percebi que ele ou era pintor ou trabalhava numa galeria, era giro, espertinho, tinha bom ar e devia estar perto dos 30 (no fundo, tudo o que é preciso para eu me interessar por alguém). Estendeu-me a mão e disse-me o nome dele e eu fiz o mesmo, mas quando demos o dito passou-bem... Parecia que lhe tinham trocado a mão pelo tentáculo de um polvo. Nheeeeeeeeeeeh. Escusado será dizer que tudo o que fiz dali para a frente foi dizer "Briana, I'm leaving!"
Fui ter com um amigo com quem tinha combinado ir embora para não ir sozinha de metro (não que seja minimamente perigoso, eu é que sou uma mariquinhas e não gosto) e ele estava ao lado de uns brownies com bom aspecto. Eu que não posso ver chocolate à frente, agarrei-me logo a um e perguntei-lhe se queria. Ele disse-me com um ar indiferente "são cosmic cakes" e eu, burrinha e ingenuazinha, achei que era a marca daquilo, como há os Lava Cakes e outros com nomes precidos. Dei uma trinca, com o meu amigo sempre ao meu lado e calado que nem um rato, mas não achei aquilo nada de especial e perguntei-lhe se queria o resto. Ele respondeu com um ar chocado "Maria, são cosmic cakes!!!" e eu na minha inocência, pensei que era suposto serem tão bons que era chocante eu não gostar e respondi a medo "sim, mas não são muito bons... fica com o resto" e ele olhou para mim com ar de deves-ser-mas-é-parva e disse "Maria... não vou comer um cosmic cake, como deves imaginar...".  E foi aí que gelei e perguntei "o que é que isto tem?" e percebi que tinha erva. Ok, não foi a primeira vez que vi uma coisa destas à frente, mas normalmente as pessoas dizem "são brownies" e arqueiam as sobrancelhas com ar de parvas, mas ele ficou impávido e sereno a assistir ao espectáculo todo e só disse no fim "também só deste uma trinca, não te vai acontecer nada". Não aconteceu, é um facto, mas foi o suficiente para nunca mais na vida comer alguma coisa numa festa que não esteja dentro de um pacote que eu conheça e que tenha a certeza que não vou ver unicórnios e dragões depois de comer aquilo.

17 comentários:

  1. Agora fizeste-me rir. O meu ex-diretor dava apertos de mão assim!

    ResponderEliminar
  2. Tiveste sorte de só teres dado uma trinca :P

    http://semjeitonenhum.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. Ahah ainda bem que partilhas isso, cosmic cakes = danger! Deixa lá que não és a única... eu acho que também cairia numa dessas xD

    http://catarinosca.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. lil eu nao aperto muito a mao lol isso pareceme mais masculino lol paranoias minhas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. cá e como se cumprimentam as pessoas que se acabou de conhecer, não há cá beijinhos para ninguém!

      Eliminar
  5. Cosmic cakes... também desconhecia a designação.

    ResponderEliminar
  6. Ainda no outro dia falava com a minha mãe sobre esses apertos de mão e o ódio que sentimos por eles xD são deveras irritantes!
    Também não conhecia essa designação para os brownies de erva, se me falarem deles já vou estar prevenida xD

    ***

    ResponderEliminar
  7. e comentarios da tua pipoca e do teu arrumadinho nem ve-los ;) interesseiros.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eu, a "minha pipoca" e o "meu arrumadinho" temos maneiras muito mais giras de comunicar do que comentários em blogs :) diz que já inventaram o facebook, os e-mails, o skype e os telefones!

      Eliminar
  8. Não conhecia a expressão. Agora fizeste me rir. Bela maneira de começar o dia =)

    Dos apertos de mão, eu tb passei a dar me conta desse aspecto ha uns anos quando o meu coach de basket nos ensinou a dar um aperto de mão como deve de ser =)

    *

    ResponderEliminar
  9. Pessoas que dão apertos de mão assim, dá logo vontade de dar meia volta e virar-lhes as costas... Pfff, enjoadinhos... ;) Ou então mandá-los tomar Rennie!! (para ver se lhes passa o enjoo...lool)

    ResponderEliminar
  10. Maria que engraçada, morri a rir com esta situação. De facto, cosmic-cakes por mais espacial que possa ser alusivo, não se chega lá! Essa vida de NY é sempre uma surpresa, tenho cá para mim.

    ResponderEliminar
  11. no waaaaaay! inicialmente quase que morri a rir com este post mas depois de uma breve reflexão conclui duas coisas: 1º-viver em NY não é para meninos e a comunicação entre as pessoas é muito mais restrita e fria!! 2º-não se trata de ingenuidade, é normal que uma pessoa não esteje à espera de encontrar cookies com direito a ''extra'' numa festa, à disposição de qualquer um.. de certo que eu também não conhecia essa designação de brownies de erva mas mesmo assim, quem ía saber?

    ResponderEliminar
  12. Que bom que é um empurrãozinhos dos amigos bloggers em Portugal. Não tarda nada estás rica como os teus dois padrinhos. Lindo!O casal maravilha a povoar a blogosfera de deseinteresse desde que descobriram o ovo de colombo. palminhas filha, vais longe!

    ResponderEliminar
  13. Eu conhecia por space cake, por cosmic cake também não ia lá :)

    ResponderEliminar
  14. Isabel.

    Deviam ser Proibidos comentários 'Anónimos'. É só gente ressabiada...bolas!!

    Isabel Sá

    ResponderEliminar